sábado, 5 de agosto de 2017

Massa para bolos festivos


Receita;
Ingredientes para 12 pessoas

9 unidades de ovo
0,400 kg açúcar
0,040 kg açúcar (para as claras em castelo)
0,05 l água
0,050 kg fécula de batata
0,200 kg farinha sem fermento
0,010 kg fermento em pó
Q.b raspa de limão

Desenvolvimento;

Colocar na bacia da batedeira 7 gemas, 2 ovos inteiros, 0,400 kg açúcar e bater até obter um creme esbranquiçado. De seguida juntar a raspa de limão, a água e continuar a mexer. 
À parte bater as claras em castelo com os 40 gr de açúcar e envolver ao preparado anterior, alternando com a mistura farinha/fermento em pó/fécula de batata. 
Transferir o preparado para uma forma de bolo previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha e levar a cozer a 180ºC durante cerca de 35 a 45 minutos, consoante o forno.  
Verificar a cozedura, retirar e colocar sobre uma grelha, deixar esfriar e rechear como bem o entender. 

Comentário;


Esta massa parece-me muito apropriada para fazer bolos festivos. Para comprovar isso mesmo, seguem as fotos de um bolo que fiz uns dias atrás para o aniversário de uma pessoa muito especial para mim...




domingo, 16 de julho de 2017

Bolo de arroz caseiro



Receita;
Ingredientes para 12 unidades

0,100 kg farinha de arroz
0,100 kg farinha com fermento
0,020 kg maizena
0,100 l leite meio gordo
0,200 kg açúcar
0,025 kg açúcar (para polvilhar os bolos)
4 unidades de ovo
0,100 kg manteiga amolecida
Q.b papel vegetal

Desenvolvimento;

Começar por cortar tiras de papel vegetal e forrar os aros de inox apropriados. Separar as gemas das claras. Colocar numa bacia a manteiga amolecida e o açúcar. Bater até obter um creme. Adicionar as gemas de ovo e envolver. De seguida colocar as farinhas (farinha com fermento/maizena/farinha de arroz). À parte, bater as claras em castelo e envolver ao aparelho anterior. Verter a massa nas formas até aos 3/4, polvilhar com um pouco de açúcar e colocar no forno quente a 200ºC durante cerca de 12 a 15 minutos.
Retirar e colocar sobre uma grelha para esfriar.

Comentário;

Ficaram muito bons, a companhia ideal para o café da manhã...








quarta-feira, 5 de julho de 2017

Risotto de beterraba com queijo "chèvre"



Receita;
Ingredientes para 6 pessoas

0,200 kg arroz "Arbórrio" (próprio para risotto)
0,400 kg beterraba
0,050 kg cebola roxa
0,020 kg alho
1 unidade folha de louro
0,100 vinho tinto
1, 250 kg caldo de galinha
0,050 kg queijo parmesão
0,0200 kg queijo "chèvre"
0,050 kg manteiga
0,050 l azeite
0,010 kg tomilho 
Q.b sal grosso
Q.b pimenta preta do moinho

Desenvolvimento:

Lavar a beterraba e cozer com água. Esfriar, descascar e cortar 100 gr em cubos regulares. Colocar a restante beterraba num liquidificador e fazer um puré fino. Se necessário pode adicionar um pouco de água para tornar o puré mais fino. Reservar.
Lavar o tomilho e guardar. Retirar a casca ao queijo "chèvre", cortar em pedaços grosseiros e reservar no frigorífico. 

Para fazer o risotto:
Refogar a cebola roxa picada em azeite e um pouco de manteiga. Juntar o alho e a folha de louro. Adicionar o arroz "Arbórrio", lustrar, juntar o vinho tinto, reduzir e adicionar o caldo de galinha conforme o arroz for absorvendo. Cozer aproximadamente 18 a 20 minutos. 3 Minutos antes da cozedura do arroz estar finalizada, adicionar o puré de beterraba, mexer e acabar a cozedura do risotto. Passado esse tempo e fora do lume, antes de servir, ligar com a manteiga fria cortada aos cubos e com o queijo parmesão ralado.
Empratar o risotto de imediato num prato de sopa. Por cima pode adicionar as hastes de tomilho, os cubos de beterraba e o queijo "chèvre".

Comentário:


Achei o resultado muito satisfatório. Optei por colocar em cima do risotto um pouco de queijo "chèvre" para contrastar com a doçura da beterraba.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

"Macaron" de chocolate com "ganache" de canela


Receita;
Ingredientes para 16 unidades (8 "macarons")

0,040 kg clara de ovo (sensivelmente 1 clara)
0,040 kg farinha de amêndoa
0,065 kg açúcar em pó
0,010 kg cacau magro em pó
0,015 kg açúcar

Para o creme "ganache";
0,100 chocolate preto 
0,080 l natas (35 % mg)
Q.b canela moída

Desenvolvimento:
Colocar a farinha de amêndoa, o açúcar, o cacau amargo em pó na liquidificadora e de seguida peneirar. Reservar.
Meter a clara de ovo numa bacia e colocar em banho-maria até a clara ficar tépida, retirar e adicionar o açúcar (0,015 kg). Bater até obter um "merengue" firme. Colocar um pouco de mistura de amêndoa/cacau/açúcar em pó e "macarroner" (envolver o aparelho do interior para o exterior da bacia), repetir a mesma operação três vezes até findar com a mistura de amêndoa/açúcar/cacau.
Verter o aparelho num saco pasteleiro com uma boquilha lisa e colocar montículos de massa num tabuleiro forrado com papel vegetal antiaderente. Deixar cerca de 1 hora num ambiente seco e deixar "crouter", ou seja deixar ganhar uma crosta na superfície dos "macarons". Meter ao forno quente a 160ºC durante cerca de 8 minutos, baixar o forno para os 140ºC e deixar mais uns 4 minutos. Retirar, deixar esfriar.

Para o "ganache" de canela; Partir o chocolate em pedaços e colocar numa bacia. Juntar as natas. Colocar em banho-maria. Mexer de vez em quando com ajuda de umas varas. Quando estiver tudo bem envolvido, retirar, juntar a canela em pó a gosto e mexer. Colocar no frio durante cerca de 1 hora.
Rechear os "macarons" com o "ganache" de canela.
Comentário;


Esta receita é de simples confeção, porém nem sempre corre bem à primeira. Existe uma variedade muito grande de "macarons", em breve colocarei novas receitas doces e salgadas... Uma tentação...







segunda-feira, 26 de junho de 2017

Pão-de-ló de chocolate



Receita;
Ingredientes para 8 pessoas

10 unidades gemas de ovo
4 unidades ovo inteiro
0,030 kg chocolate em pó magro
0,300 kg açúcar
0,125 kg farinha sem fermento

Desenvolvimento;

Colocar as gemas, os ovos e o açúcar na bacia da batedeira, e, com ajuda das varas, bater até o aparelho dobrar de volume e fique esbranquiçado. Misturar a farinha e o cacau, peneirar, e adicionar ao aparelho anterior. Envolver bem e verter a massa numa forma de pão-de-ló previamente forrada com papel vegetal apropriado. Colocar ao forno quente a 180ºC durante cerca de 30 a 40 minutos. Retirar, deixar esfriar e degustar...

Comentário;


Ficou delicioso, não há muito mais a dizer...




domingo, 25 de junho de 2017

Salada mexicana em cesto de tortilha



Receita;
Ingredientes para 10 pessoas

10 unidades de tortilhas (ver receita)
0,400 Kg pera abacate
0,100 Kg feijão encarnado cozido
0,100 Kg coração de alface
0,300 Kg manga
0,400 kg queijo feta
0,100 Kg tomate cereja
0,050 cebola roxa
5 unidades de salsicha (tipo "merguez")
0,020 l azeite
Q.b sumo de lima
Q.b hortelã
Q.b flor de sal
Q.b pimenta do moinho

Desenvolvimento;

Fazer a massa de tortilhas (ver receita). Colocar as folhas entre duas tigelas de inox e meter ao forno cerca de 5 minutos a 200ºC,  de forma a elas secarem e formarem uma tigela. Reservar.
Cortar a manga e a pera abacate em cubos. Fazer o mesmo com o queijo feta. Descascar a cebola roxa e laminar em meia-lua finamente. Cortar os tomates cereja em dois. Lavar o coração de alface e cortar em juliana grosseira. Escorrer o feijão encarnado e passar por água corrente. 
Numa bacia colocar todos os ingredientes da salada, juntar hortelã laminada finamente, sumo de lima, azeite, sal e pimenta. Misturar tudo muito bem, e verter sobre os cestos de tortilha. Por cima colocar a salsicha "merguez" previamente salteada e cortada em pedaços pequenos.

Comentário;


Uma agradável opção para estes dias de verão. Retirando a salsicha salteada adicionada no final, esta receita apresenta uma excelente ideia para um prato vegetariano.






Tortilha de milho


Receita;
Ingredientes para 10 tortilhas

0,200 kg farinha de milho (fuba)
0,100 kg farinha (tipo 45)
0,75 kg manteiga
0,005 kg sal fino
0,020 kg açúcar
0,150 l água

Desenvolvimento;

Misturar as farinhas juntamente com o sal e o açúcar. Adicionar a manteiga e misturando fazendo uma espécie de um areado grosseiro. Colocar a água até obter uma massa homogénea e um pouco mole. Envolver em película aderente e deixar descansar pelo menos duas horas no frigorífico. 
Passado esse tempo retirar e formar montículos de massa com aproximadamente 60 gr. Espalmar cada pedaço de massa com a mão ou com ajuda de um rolo de pastelaria até obter uma espessura fina. 
Aquecer uma frigideira de "crêpes", de preferência anti-aderente, e colocar uma tortilha. Esta vai formar bolhas grosseiras à superfície e quando o fizer, contar alguns segundos (o tempo de ela alourar), virar e deixar apenas alguns segundos a tortilha no outro lado sem alourar.
Repetir a operação até finalizar a massa.

Comentário;


Recomendo... 








quinta-feira, 15 de junho de 2017

Fogaça, especialidade de Santa Maria da Feira ( a minha versão)



Receita;
Ingredientes para 3 fogaças de 400 gr cada

Para o crescente: 
0,100 kg farinha sem fermento
0,070 l água morna
0,015 kg fermento padeiro

Para a massa:
0,550 kg farinha sem fermento
0,100 l água
3 unidades de ovo
0,010 kg sal fino
0,125 kg açúcar
0,100 kg manteiga (própria para bolo rei)
1 unidade ovo (para pincelar)
Q.b canela em pó
Q.b raspa de limão
Q.b manteiga (para colocar à saída do forno)

Desenvolvimento:

Para o crescente: Misturar todos os ingredientes, formar uma bola, colocar numa bacia e deixar num lugar tépido até que duplique de volume.

Para a massa: Misturar todos os ingredientes até obter um aparelho homogéneo, formar uma bola e colocar numa bacia coberto com um pano húmido. Deixar nessa forma cerca de 30 minutos. 
Estender a massa ligeiramente e envolver o crescente, até tudo ficar bem ligado. Pesar a massa, no meu caso obtive cerca de 1,250 kg de massa, por isso optei por dividir em três pedaços de cerca de 415 gr cada uma. Amassar cada naco de massa e alongar como podem verificar nas fotos abaixo. Espalmar e enrolar. Colocar sobre um tabuleiro previamente polvilhado com farinha. Deixar levedar cerca de 1 hora num ambiente tépido. Com ajuda de uma tesoura fazer quatro golpes no topo de cada pirâmide, dos quais resultarão os quatro coruchéus da torre de menagem do Castelo. Pincelar com ovo e levar ao forno quente a 200ºC durante cerca de 25 a 30 minutos, consoante o forno. Retirar do forno, barrar com um pouco de manteiga e colocar sobre uma grelha. 

Comentário:

Um pouco de história sobre este pão doce: "Decorria então o Séc. XVI, mais precisamente em 1505, em terras de Santa Maria da Feira surge um surto de peste, que afetou a maior parte da população. Com a população já dizimada e sem haver maneira de melhorias, o povo de Santa Maria da Feira pediu ao Mártir São Sebastião (o padroeiro de todo o condado de Santa Maria da Feira) a sua proteção. De forma a homenageá-lo decidiu fazer um pão doce, a “fogaça” que depois seria distribuído pela população em geral, nomeadamente pelos pobres".

Todos os anos a dia 20 de janeiro, celebra-se a Festa das Fogaceiras, em honra do Mártir S. Sebastião e em 2005 celebraram-se os 500 anos.


Esta não será a receita genuína, porém é uma versão que me agrada bastante…

O crescente antes de fermentar

A massa

O crescente depois de fermentar